25/11/2010

A viagem do real

A VIAGEM DO REAL - PARTE I

Coluna Semanal - Jornal O Expresso - Capão Bonito

 Foi um plantão agitado na Santa Casa de Capão Bonito. Eram três da manhã quando pude repousar. Às quatro horas o telefone do repouso toca. Havia um paciente "muito descontrolado" no Pronto Socorro. Ao chegar, ainda bocejando, vi uma cena bem esquisita. O paciente, verborrágico, dizia insolências aos quatro policiais que o escoltavam. Vestido de forma excêntrica, brincos na orelha, cabeça raspada, ele desafiava os presentes e não tardou a vociferar para mim, o recém chegado plantonista: "Ninguém sabe nada! Você também não sabe nada!" e plantava bananeira na frente dos poucos presentes, acompanhantes de pacientes internados e dos policiais.

Já cansado, sem vontade de delongar aquele assunto durante a madrugada e querendo dormir alguns minutos mais, pedi à enfermagem que aplicasse o rotineiro "sossega leão". Após o coquetel de injeções fortíssimas o exótico visitante regressava tranquilo para sua casa e eu para o quartinho do repouso médico, naquelas alturas mais aconchegante que uma pousada na montanha.

Qual a minha surpresa, quando dois dias depois, de novo de plantão, às quatro horas da manhã, sou chamado ao mesmo cenário. Lá estava o cara, agitadão, "causando", acompanhado por um séquito de policiais. Cheguei sem que me visse, pois não queria ser novamente chacoteado pelo incômodo visitante da madrugada. A enfermeira falou que era a quinta vez que chegava ao PS, nos últimos dias, "surtado".

Já preenchia o folheto, ainda escondido, prescrevendo o rotineiro sossega leão, quando ouvi que ele dizia: "Vocês estão fora da ordem, não chegam à raiz dos fatos, a medicina está errada, a polícia deveria fazer outra coisa, etc..". Verborrágico, surtado. Mas aquelas palavras tinham algo de lucidez. Fui à frente do irreverente paciente e, bem autoritário, disse que fosse ao consultório, acompanhado de policiais. O cortejo que o acompanhava, incluindo a calejada mãe, não acreditavam que um médico iria tentar dialogar com o jovem mancebo amalucado. Entramos no consultório. Na frente dos policiais ele tira um pacote cheio de cannabis e diz: "Doutor! Vamos fumar um baseado" e adota o típico gestual de desfazer as bolotas da erva. Eu olhei com desdém, sinalizando os tiras com um olho, para que nada fizessem e disparei:

"Essa erva aí não está com nada! Conheço uma outra erva que vai fazer você subir lá pra cima, junto das estrelas" - para surpresa dos fardados mantenedores da ordem, que mal acreditavam no que ouviam. "Esta erva é a grama do trigo. Quando você aprender a plantar e usar todos os dias, você vai conhecer a verdadeira viagem!". Conversamos muito e ele me olhou nos olhos e disse. "Taí doutor, fui com a sua cara!". Não teve jeito, tive que passar alguns psicotrópicos para o rapaz, que se acalmou e foi para a casa. Prometi à sua mãe que o visitaria. E assim o fiz.

Fui à sua casa, ele gostou, mas sua agitação não permitia que ficasse sequer um minuto parado. No quintal subiu os muros com uma rapidez incrível, mostrando grande coordenação, mas uma irrefreável agitação. Naquele mesmo dia o ensinei a abraçar uma árvore e absorver dela a energia vibratória do planeta, que pode nos acalmar. Ele abraçou a árvore e eu perguntei se ele podia ver sua copa, a vida que havia nela, e os pássaros que cantavam em seus galhos. Tentei pelo menos ensiná-lo a plantar a grama do trigo.

Por duas vezes o vi perambulando pela cidade, gritando desatinos e silenciei por sua cura. Tive que viajar e soube que fora transferido a Sorocaba, onde receberia tratamento psiquiátrico. Na volta, ofereci um curso especial na Santa Casa, onde participaram o colega doutor Gino, o agricultor Myiata, a estudante da UNICAMP, Érica e um médico italiano, Dr. Fabio Rodaro, que viera ao Brasil para aprender em Capão Bonito este novo ofício médico.

Ao saber que havia tido alta da clínica psiquiátrica, não resisti e chamei nosso paciente especial pra que assistisse à quarta aula sobre "O Cérebro Bioquimicamente Modificado". Foi quando percebi que ele estava bem sossegado, medicado e... completamente paralisado! Os olhos vidrados, os movimentos limitados, quase um zumbi; Mesmo assim assistiu à aula, e como tem um alto quociente de inteligência, entendeu tudo o que disse. Fez uso do suco verde, retirou a alta ingesta de biscoitos doces, plantou grama do trigo e abraçou muitas árvores.

A aproximação continuava. Lá estava ele e a incansável mãe, assistindo a nossas primeiras aulas de culinária viva na pérgola do ambulatório de especialidades. Às vezes levantava das aulas e saia para dar uma volta, mas cumpriu o curso inteiro. Então tive que viajar mais uma semana, desta vez a Santa Catarina. Eu pensava com meus botões, que se ele se curasse, qualquer um poderia se curar. Principalmente, se conseguisse ficar normal sem os poderosos psicotrópicos. Maya e eu voltamos para a semana do diabetes e qual a nossa surpresa, quando na primeira aula do segundo curso, na terça feira, aparece um rapaz bem arrumado, de olhos vivos e atentos, os movimentos livres e me disse: "Doutor Alberto, esse que está aqui sou eu! Eu sou assim, deste jeito... não aquele ser que você conheceu...sou muito grato!"

Parece mais um deste milagres que venho testemunhando. Digo que "parece", pois apenas começamos o trabalho de recuperação. Eu lhe disse que deve aprender a "viajar" na realidade, ter o cérebro livre, sem a necessidade de euforizantes ou substâncias que modifiquem o estado de consciência. Ser feliz com o que se tem dentro do pensamento. Eu o convidei para tornar-se um assistente da nossa equipe.

É uma vitória, para a equipe de medicina e de cozinha, para todos os cidadãos e representantes das casas religiosas que lhe deram auxílio, para o pessoal do CAPS, para o colega Dr. Bruno Augusto, para nossa secretaria de saúde e nossa cidade. Uma esperança para todos aqueles que passam pela mesma dor e necessitam de um bálsamo. Um caso exemplar, que nos mostra ser possível a recuperação do cérebro biologicamente alterado, da intrincada rede cerebral de moléculas biológicas, emoções e pensamentos que desafia o homem em sua caminhada.

Capão Bonito é mais saúde!

 --
Alberto P. Gonzalez, médico
Clinica Agato SP - (11) 4195 4500
FISIOCENTRO - (15) 3542 1848
Curso - Ambulatório de Especialidades
Contatos: (15) 9639 3071 (Maya ou Célia)
http://www.doutoralberto.blogspot.com/

23/11/2010

Diabetes, doces e diversão

Coluna Semanal - Jornal O Expresso - Capão Bonito

 DIABETES, DOCES E DIVERSÃO

O diabetes melllitus pode ser descrito como a doença símbolo da era industrial. Todas suas manifestações, sejam elas primárias -pelo aumento da glicose sanguínea, colesterol e obesidade-, sejam as secundárias - pé diabético, hipertensão, doença renal e cegueira-, são diretamente determinadas pelo padrão alimentar onde predominam açúcar, amido (pães e massas) e gorduras animais em alta temperatura (salsichas e hamburgueres).

Não resta dúvidas que o diabetes é transmitido pela genética, de pai para filho. Mas a ciência mais recente traz revelações contundentes. Nosso material genético, o DNA, não é uma cadeia de moléculas estáticas e determinadas para todo e sempre. O DNA pode ser alterado por padrões ambientais. Já dizia Darwin, o maior biólogo de todos os tempos. Mas, na época dele, meados do século dezenove, teve que enfrentar uma academia furiosa e crítica, já que a ciência do genoma sequer se esboçava existir. Mas é exatamente isso que os cientistas revelam em primeira mão, no alvorecer do século vinte e um.

A nova ciência da epigenética explica, por A mais B, que nosso padrão alimentar pode desligar os genes que controlam os tecidos e órgãos chave do controle da glicose. Isto significa que o que comemos pode determinar o diabetes. Isto é muito sério, pois muito mais que a predisposição genética, são os hábitos culinários e culturais da família brasileira contemporânea que determinam o surgimento do diabetes. No Brasil estão previstos gastos de 50 milhões de dólares com o diabetes até o ano de 2020, pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A medicina/cultura dos alimentos orgânicos e vivos pode representar papel chave na "reativação" dos "genes desligados" pelo padrão amido-açúcar-sedentarismo. Com bases nestes estudos de vanguarda na medicina e na ciência mais moderna da genética é que iniciamos em Capão Bonito uma atividade cultural, científica e principalmente, divertida, do aprendizado de novas técnicas culinárias, como o chocolate de abacate, o pudim de banana, as mousses e pavês de frutas frescas, as balas, pirulitos, geléias de frutas e pães desidratados.

Estes "novos-velhos" alimentos são capazes de frear e conter o avanço epidêmico da obesidade, hipertensão e diabetes, cada vez mais frequentes em todas as camadas da população e entre nossos jovens.
Estaremos preparando e ensinando o pão sem amido, o pudim de banana e o leite de verdes orgânicos. Todos estão convidados, principalmente os pais com suas crianças!
PROGRAMA CAPÃO VIVO - PARCERIA DA SECRETARIA DE SAÚDE E OFICINA DA SEMENTE
Inscrições para curso e oficinas com Maya e Célia pelo tel.: 9639 3071
Capão Bonito é mais saúde!
Alberto P. Gonzalez

22/11/2010

I Festival de Gastronomia Orgânica

I Festival de Gastronomia Orgânica

Quando: 23, 24, 25 e 26 de novembro
Onde: Rua da Cantareira, 306 – Salão de Eventos e Mercado Gourmet
Inscrições: 3228-6363/ 3031-171
As oficinas terão o custo de R$12,00, exceto a Bio Chip.

Fórum - Alimento Vivo - 9h00 às 12h00 - 26.11 (6ª feira)

Moderadores: Leila D. – Chef de Cozinha, Alberto P. Gonzalez – médico cirurgião, Maria Tereza Casulli -Nutricionista, Flávio Passos - Chef especializado em alimentação viva e Eduardo Farah – proprietário do restaurante Anna Prem.

14/11/2010

Chocolate de abacate

Chocolate de abacate (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (14/17) (performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen") (only in portuguese).

13/11/2010

Rejuvelac

Rejuvelac (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (13/17) ( performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen") (only in portuguese).

12/11/2010

Patê de girassol

Patê de girassol (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (12/17) (performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen") (only in portuguese).

11/11/2010

Alimentação Viva

Alimentação Viva (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".
TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).
Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.
Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP). (11/17) ( performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen") (only in portuguese).

10/11/2010

Caldeirada de frutos do mato

Caldeirada de frutos do mato (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".
TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).
Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.
Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (10/17) performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen" (only in portuguese).

09/11/2010

Chucrute

Chucrute (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (9/17) (Sauerkraut, performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen" (only in portuguese).



08/11/2010

Farofa de jiló

Farofa de jiló (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".


TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.
Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (8/17) performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen" (only in portuguese).

07/11/2010

Leite de nozes

Leite de nozes (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (7/17) (Milk nuts, performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen" (only in portuguese).



06/11/2010

Pão essênio

Pão essênio (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".
TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).
Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.
Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (6/17) (Essene bread, performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen" (only in portuguese).

05/11/2010

Salada de ervas daninhas

Salada de ervas daninhas (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte",

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.
Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (5/17) (Herb salad, performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen") (only in portuguese).

04/11/2010

Sopa energética

Sopa energética (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte"

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP). (4/17) (Energetic Soup, performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen" (only in portuguese).

03/11/2010

Sorvete de frutas

Sorvete de frutas (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte",

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (3/17) (Fruit sorbet, performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen") (only in portuguese).

02/11/2010

Suco verde

Suco verde (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte".

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP) (2/17) (Green juice, performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen") (only in portuguese).

01/11/2010

Mousse de maracujá

Mousse de Maracujá (Alimento Vivo, Raw Food) - Programa "Terra Vida ou Morte"

TV Vanguarda (regional da TV Globo para São José dos Campos, Aparecida, Taubaté, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá e litoral norte de SP).

Programa vencedor de prêmio jornalístico nacional em meio ambiente de 2009.

Gravado na clínica do Dr. Alberto em Campos do Jordão (agora transferida para Capão Bonito, interior de SP). (1/17) (Passion Fruit and Mango Mousse, performed by Dr. Alberto Gonzalez, a brazilian doctor who wrote "A Doctor's Place is the Kitchen" (only in portuguese)